Next
Previous

terça-feira, 23 de março de 2021

Por que meu gato abana o rabo sem estar zangado?



Confesso que estou indecisa! Não sei se acordo ou se volto a dormir... Por isso, fico assim abanando o meu rabo, em movimentos amplos. Os humanos acham que estou zangada. Mas é puro tédio e indecisão...

Humanos, aprendam! Se vocês querem saber como está o humor do seu gato, prestem atenção aos movimentos que ele faz com a linda cauda...

Outro dia, vi algo interessante pela janela (era um lindo Bem-te-vi a voar no céu) e balancei apenas a pontinha do rabo. Estava mostrando curiosidade! Já percebeu em seu gato?

Você sabia que abaixamos a cauda quando ficamos assustados? Pois é... E se enfio o rabo entre as pernas, tenha certeza: estou demonstrando submissão! Assim somos, simples gestos para muitas comunicações.

É isso aí, humanos. Aprendam a ler os sinais dos felinos. São diversos e com muitos significados.

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Como identificar o estresse em seu gato

Posted in

Devemos considerar muitos comportamentos quando o assunto é estresse. É muito importante observarmos como nossos gatinhos agem e reagem em diversas situações. Um exemplo bem cotidiano é quando a campainha toca e surgem pessoas estranhas a sua rotina em seu território, bem como urinar fora da caixinha, se lamber de forma compulsiva ou a presença de um novo membro felino.

Mas como reconhecer? Os gatos geralmente sinalizam o estresse quando surgem problemas de pele, bexiga e/ou gastrointestinais, vocalizam com rosnados ou chiados, e agem de forma agressiva até mesmo com os seus donos. Alguns, chegam a ficar sem pêlos em determinada região.

Como ajudar o meu gatinho?

Primeiramente levar ao médico veterinário para realizar a parte clínica e posteriormente, após análise global do caso, iniciar as correções comportamentais. Feito esse primeiro passo, é momento de pensar como minimizar a exposição do seu gato ao estresse.

Com a ajuda de um profissional, avalie o território e seus recursos às necessidades dos seus gatos. O lar onde ele reside precisa ter todas as necessidades instaladas para sua exploração. Gato que só come e dorme não é legal! 

Além dos manejos que devem ser inseridos de acordo com o cenário e histórico dos seus gatos, sugiro usar caixas de papelão para distração, investir sempre em novas varinhas, colocar comedouros, bebedouros e sanitários adicionais, para o ambiente ficar bem estimulante e enriquecido. 

Brinquedos que eles possam caçar com a sua interação ou não, fontes de água e claro, uns bons petiscos para fazer a boa associação. Brinque com o seu gato, esconda petiscos, coloque-o para caçar.

E se o gatinho não respondeu bem às sugestões acima, ajude-o inserindo no ambiente feromonas sintéticos que atuam diretamente no comportamento do felino e promove o bem-estar e o alívio do estresse.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...