domingo, 17 de julho de 2011

Fantástico mostra briga de mulher com petshop em Macapá, no quadro O Conciliador


Neste domingo, 17/07/2011, o Fantástico mostrou a briga entre a autônoma Marli Marques e o dono de uma clínica veterinária em Macapá, João de Almeida. A história foi abordada no quadro "O Conciliador", apresentado pelo consultor empresarial, Max Gehringer.

Diz que a mulher acusa o estabelecimento de ter vendido uma cachorra filhote da raça rottweiler doente de cinomose. O animal batizado de Lady faleceu meses depois. Ela pediu a devolução do dinheiro, mas não foi atendida.

A reportagem mostrou um laudo do veterinário Dennis Magalhães, afirmando que a cadela teria adoecido ainda no petshop.

Minha gente, não sei se este foi o caso, mas às vezes eu tenho a impressão de que alguns vendedores de animais estão mais preocupados com o lucro do que com a saúde dos bichos. Inclusive, a mamãe já recebeu denúncias semelhantes em petshops daqui de Fortaleza...

De qualquer forma, isto não teria acontecido se a mulher optasse por adotar um animal, ao invés de comprá-lo. Afinal, existem tantos gatinhos e cães abandonados esperando por um novo lar.

Aliás, muitos deles estão sendo cuidados por ongs protetoras que os entregam saudáveis e fortes para adoção... Não compre, adote!

gravação do Fantástico ocorreu no barco motor “Tribuna – A Justiça Vem a Bordo”, no rio Amazonas, com a presença da juíza Sueli Pini e da conciliadora Sônia Ribeiro, do Juizado Especial Cível da comarca de Macapá. No final da audiência de conviliação, houve acordo entre as partes.

Veja a matéria no vídeo abaixo:



Viram? Na sua opinião, quem está com a razão?

Este caso me lembrou outro que aconteceu em Natal (RN), onde uma tutora pediu indenização de 100 mil reais pela morte de um cão, que teria acontecido por suposto erro médico veterinário. Mas o juiz julgou o pedido improcedente.

Amigateiras, vocês já passaram por algum desentendimento com clínicas veterinárias ou petshops? Como foi? Conta pra mim...

7 comentários :

  1. Bom dia Lilizinha...eu assisti é reportagem. E achei a solução bastante satisfatória. È dificil julgar um caso assim. Mas sem dúvida se ela tivesse adotado tudo isso teria sido evitado. Um grande Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olha, essa reportagem só confirmou (mais uma vez) que as pessoas não se importam com os animais, como bem estar deles... mas só com seu rico dinheirinho... pq a cadelinha morreu, independente do motivo disso, ela esteve doente e morreu... e no que as pessoas pensam? No dinheiro que foi gasto! E o que as pessoas querem? Seu dinheiro ressarcido! Triste isso!

    ResponderExcluir
  3. Ai, Lili... Chega a me dar um mal estar quando vejo uma coisa assim... Não parecia que falavam de animais, e sim de mercadorias! Porque ela não exigiu, como penalidade, que ele fizesse algo em benefício dos animais? Dinheiro, dinheiro... O ser humano vai se acabar por ele! Muito triste!

    ResponderExcluir
  4. Olá Lili, essa reportagem me fez lembrar do que aconteceu com o Gatinho, que foi muito muito triste, e isso me deixa muito revoltada sabe pq? pq nós quando somos negligenciados por esses veterinarios incompetentes, nós não temos o que fazer, ficamos num beco sem saída, eu passei por tudo isso, processei a clinica que quase matou meu gato e sabe o que o juiz me disse, olha é melhor a senhora aceitar o acordo com a quantia que ela quer dar ou vc vai ficar sem nada e o processo será extinto, e quando a gente passa por isso a única maneira que temos para tentar puni-los de alguma forma é essa, o DINHEIRO é foi ele o culpado por meu gato quase ter morrido pois foi por ganancia que a clinica negligenciou ele, eu já os tinha pago e então, pq cuidariam dele?!
    Até que fui lá e vi ele praticamente morto, todo molhado jogado naquela gaiola foi muito triste, o tirei dessa clinica e o levei a outra, e lá descobri que eles a bexiga dele tinha rompido por falta de cuidados e ele iria morrer em algumas horas. Então fizeram a reconstrução da bexiga dele, e ele está lindo hoje e cheio de saúde, e a clinica?! Deve estar matando mais bichinhos por negligencia e as pessoas indo pra casa sofrendo sem saber dos seus direitos ou menos sem saber o verdadeiro motivo da morte do seu animal!

    ResponderExcluir
  5. Eu achei que nenhum dos dois é confiável.Concordo que devemos adotar. Fizemos manifestações aqui em Curitiba no fim de semana a favor da adoção e contra a compra de animais. Veja fotos no meu blog! =)) Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Renata, por favor, o que o fantastico fez é ridiculo.
    Sou estudante de veterinaria e cinomose é uma das primeiras doenças que estudamos, e tambem conversei com diversos veterinários. A cinomose tem um periodo de incubação de 15 dias!!!! Nunca vi nenhum caso como esse, nem os veterinarios com quem conversei!!!! Sinceramente, na minha opiniao, eles queriam culpar alguem pelo erro dela de nao ter tido os cuidados com o filhote!!! Eu te peço, por favor, que pesquise sobre a cinomose e monte um post. Pois vi q seus leitores não tem o conhecimento adequado sobre a doença. Nao estou te recriminando, sendo ironica nem nada. Mas é importante as informações corretas serem passadas. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Um dos casos mais graves que aconteceu comigo, foi em um hospital famoso da zona sul de Natal e que culminou na morte de uma amigona que viveu 7 anos saudáveis. A história é longa, por isto citarei apenas alguns dos fatos:
    - Fazer Cesariana sem RX, dar alta pós cirurgia imediata, sem recomendação para troca de curativo e sem nenhum tipo de analgésico incluso na receita, constranger e cobrar ao dono do animal antecipadamente, sem confirmação pessoal de necessidade de cirurgia (até hoje não sei se era mesmo necessária). Tudo isto aconteceu comigo e a minha única certeza, é que só posso contar com a *justiça divina*, mas esta nunca me falha.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...